Protocolo Ibérico de Associações de Caça assinado na Mêda

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Mêda foi o local escolhido, no passado dia 20 de novembro, para a assinatura de um acordo de colaboração entre oito associações e clubes de caça portugueses e espanhóis.

Este documento prevê o aprofundamento das relações entre as maiores organizações de caça dos dois países, que permitirá, através de mais iniciativas conjuntas e novas sinergias, o reforço do prestígio desta atividade histórica e economicamente tão relevante.

O Presidente do Município de Mêda, Anselmo Sousa, bastante satisfeito por ser a Mêda a receber este momento especial para a caça na Península Ibérica, começou por felicitar os esforços de todas as associações presentes e lembrou que, juntas, terão mais facilidade na obtenção de apoios e maior poder reivindicativo. Felicitou também os dirigentes do Clube de Caça e Pesca de Mêda, “um dos maiores do país”, por terem a capacidade de “aproveitar a riqueza natural que o nosso concelho possui”. Anselmo Sousa não tem dúvidas de que este acordo vai ter um impacto bastante positivo no desenvolvimento do concelho da Mêda.

O acordo envolve a Associação de Rehalas Regionales Españolas, a Associação Portuguesa de Matilhas de Caça Maior, a Associação Española de Rehalas, o Clube Português de Monteiros, o Clube de Monteiros do Norte, a Asociación Jovenes por la Caza, a Oficina Nacional de la Caza e a União Ibérica de Rehalas e Matilhas.




Conteúdo Recomendado