Projeto internacional de arte “Red String” chega à Covilhã

A inauguração da instalação está agendada para 9 de maio e poderá ser visitada até 30 de junho de 2017.

Esta intervenção de arte visa consciencializar para a discriminação através da confrontação e do debate público. Marian Van Der Zwarran lidera este projeto itinerante que já passou pelos Estados Unidos, Holanda, África do Sul e Lituânia. Para a artista, a instalação que está a ser feita na Covilhã representa “um diálogo com o público e uma forma de chamar a atenção para problemas das sociedades atuais, como a discriminação e a xenofobia”.

O Presidente da Câmara da Covilhã, Vítor Pereira, considera que “este projeto tem uma vertente inovadora porque permite aliar Arte e Cidadania numa única iniciativa”.

A Red String é uma instalação artística centrada no tema da descriminação. Um fio vermelho de 12 quilómetros inicia o seu percurso na ponte pedonal Ribeira da Carpinteira e culmina no New Hand Lab.

O projeto será realizado com o contributo do Município da Covilhã, New Hand Lab, Amnistia Internacional, Formas Efémeras e loja A Tentadora.

A inauguração da instalação está agendada para 9 de maio e poderá ser visitada até 30 de junho de 2017.




Conteúdo Recomendado