Projeto “AlmeidaSIM” facilita mobilidade no concelho de Almeida

O concelho de Almeida inicia hoje um novo serviço de transporte coletivo, denominado “AlmeidaSIM, que terá uma utilização gratuita durante o período experimental de três meses.

O projeto “AlmeidaSIM”, apresentado numa sessão pública realizada no auditório da Biblioteca Municipal Maria Natércia Ruivo, naquela vila do distrito da Guarda, estará a cargo da empresa Transdev.

Segundo os promotores, a nova rede de transportes será composta por cinco linhas de percurso, sendo “uma para cada dia da semana”.

“Nos dias úteis, existirá ainda um serviço de ligação entre Almeida e as Termas da Fonte Santa. Nos dias de feira em Almeida e em Vilar Formoso, existirão circuitos de ligação das aldeias às feiras – duas linhas para ligar Valverde e Naves à feira de Almeida e três linhas para ligar São Pedro do Rio Seco, Castelo Mendo e Miuzela à feira de Vilar Formoso”, lê-se numa nota hoje enviada à agência Lusa.

O comunicado sublinha que o funcionamento das cinco linhas, que a cada dia da semana vão aproximar os habitantes das freguesias do concelho de Almeida ao centro da vila, “vai começar por ligar, às segundas-feiras, Miuzela (pela freguesia do Freixo) e Vilar Formoso a Almeida, ficando a aldeia de Pai Lobo, na freguesia de Parada, com a possibilidade de transporte a pedido”.

“As cinco linhas que estarão em funcionamento nos dias úteis serão ainda complementadas com circuitos urbanos em Almeida e Vilar Formoso e uma ligação direta entre estas localidades”, de acordo com o presidente da Câmara Municipal de Almeida, António José Machado.

Com estas soluções, o autarca espera proporcionar aos munícipes “uma rede de transportes adaptada às suas necessidades de mobilidade”.

Para o diretor comercial da Transdev Portugal, João Lino, citado na nota, “a rede ‘AlmeidaSIM’ é o resultado de um esforço conjunto e de grande cooperação entre a Transdev e a autarquia de Almeida, no sentido de desenhar uma rede capaz de, efetivamente, aproximar as pessoas que vivem em localidades mais afastadas do centro da vila de Almeida, assegurando-lhes alternativas de transporte económico que se vão refletir numa clara melhoria da qualidade de vida”.

Após o período experimental em que as viagens serão gratuitas, os bilhetes para circular na rede de transportes “AlmeidaSIM” terão o custo de um euro e os bilhetes para os serviços urbanos custarão 50 cêntimos.

Os portadores de Cartão Jovem Municipal ou de Cartão Social Municipal terão um desconto de 50% e as famílias numerosas (com três ou mais dependentes) terão direito a um passe gratuito.

Com o projeto que vai ser implementado no concelho de Almeida, junto da fronteira com Espanha, com a colaboração da Câmara Municipal, a empresa Transdev eleva para 14 o número de projetos SIM – Soluções Integradas de Mobilidade implementados no país.




Conteúdo Recomendado