Portugal exportou para Espanha 4 milhões em serviços por dia

Portugal exportou para Espanha quatro milhões de euros por dia em serviços nos três primeiros meses do ano, num total de 364 milhões de euros, indicam dados provisórios do Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

Este valor representa um aumento de 3,3% face ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com o INE espanhol, no mesmo período, Portugal importou 510 milhões de euros em serviços de Espanha. Ou seja, Portugal é o quarto maior destino de serviços de Espanha na zona euro, atrás da França (1257 milhões), da Alemanha (1233 milhões) e da Holanda (544 milhões). O resto da zona euro importa 732 milhões de euros em serviços espanhóis.

As exportações de serviços espanhóis para Portugal aumentaram neste período, registando uma subida de 36%, o maior crescimento entre todos os países em análise.

Fora da zona euro, o Reino Unido (com importações de 1.237 milhões) manteve a posição de segundo maior mercado de destino de Espanha.

No que toca às exportações de serviços portugueses para Espanha, ascendem a 364 milhões de euros, o que representa 3,9% do total e a quinta posição na tabela dos principais mercados espanhóis (atrás da França, Alemanha, Holanda e Itália).

No total do primeiro trimestre, Espanha exportou serviços no valor de 13,2 mil milhões de euros para todo o mundo, dos quais 8,3 mil milhões para a Europa (cinco mil milhões para a zona euro), três mil milhões para a América (1,2 mil milhões para a América do Sul) e 1,3 mil milhões para a Ásia.

As exportações aumentaram 11,3% no período, puxadas pelos Serviços Empresariais (4,34 mil milhões de euros e 32,7% do total), pelos Transportes (3,58 mil milhões, 26,9% do total) e os Seguros e Pensões (1,03 mil milhões de euros, 7,8% do total).

No sentido inverso, Espanha importou 9,4 mil milhões de euros em serviços, dos quais 6,8 mil milhões provenientes da Europa (4,4 mil milhões da zona euro).

Ou seja, as importações espanholas de serviços cresceram 10,5% no primeiro trimestre, com especial destaque para os setores do Transporte (2,47 mil milhões, ou 26,3% do total, Telecomunicações, informática e informação (1,35 mil milhões de euros, 14,4% do total) e Serviços Empresariais (2,88 mil milhões, 30,6% do total).



Conteúdo Recomendado