Parque escolar da Covilhã livre de amianto no próximo ano letivo garante o município

Estas intervenções enquadram-se na política de investimento na educação, levada a cabo pelo atual executivo camarário.

A Câmara Municipal da Covilhã está prestes a concluir o processo de remoção das placas de fibrocimento nas escolas públicas, podendo já garantir que, no próximo ano letivo, todo o parque escolar do concelho estará livre de amianto refere uma nota da autarquia.

Na última reunião do executivo municipal da passada sexta-feira, dia 12 de fevereiro, foi aprovada a abertura de concurso público para as obras de remoção de fibrocimento na Escola do 2º ciclo do ensino básico do Teixoso (valo base: 48.000,00 € + IVA), na Escola do 2º ciclo do ensino básico Pêro da Covilhã (152.000,00 € + IVA) e na Escola do 1º ciclo do ensino básico de Vila do Carvalho (33.000,00 € + IVA). Na mesma reunião, foi também aprovado o despacho do presidente da Câmara Municipal de adjudicação da empreitada de remoção de fibrocimento na Escola Básica de São Domingos (89.945,78€ + IVA).


Estas intervenções de remoção de material poluente em elementos construtivos existentes nas escolas, com incorporação de amianto, e que são essencialmente os elementos construtivos de fibrocimento em coberturas dos edifícios e de telheiros, procuram solucionar um problema que preocupava a comunidade escolar e toda a população. “Foi com este objetivo, por razões ambientais e de saúde, que o município apresentou candidaturas ao Programa Nacional para a eliminação de amianto nas escolas públicas” explica a edilidade, acrescentando que as obras são comparticipadas em 85% por fundos comunitários.



Conteúdo Recomendado