Operação Fronteira Vigiada para combater a criminalidade

No passado dia 19 de julho foram realizadas diversas ações de controlo e fiscalização nas fronteiras terrestres.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou na passada quinta-feira (dia 19) um conjunto de ações de controlo e fiscalização nas fronteiras terrestres, nomeadamente nas respetivas vias de acesso rodoviárias e ferroviárias, com o intuito de prevenir e combater a criminalidade.

Cerca de 400 militares de diversas valências da Guarda Nacional Republicana participaram na operação Fronteira vigiada, fiscalizando 780 pessoas, 629 veículos e quatro comboios, refere a nota informativa.
Segundo a GNR, destas ações resultaram quatro detenções, duas por posse de arma proibida, uma por tráfico de estupefacientes e uma por condução sob o efeito de álcool.

Foi ainda identificado, e posteriormente entregue à Guardia Civil, um homem, de 28 anos, que se encontrava evadido da prisão de Huelva.

Nestas diversas ações foram ainda elaborados 115 autos de contraordenação, realçando-se 73 por infrações ao Código da Estada e 19 por infrações fiscais e aduaneiras.

No final da Operação foram apreendidas duas armas, um veículo e 21 doses de haxixe.




Conteúdo Recomendado