Novo Projeto de Inovação em Saúde Mental na Guarda

O gabinete visa ainda apoiar a recuperação e a reabilitação das pessoas com doença mental, facilitar o seu processo de desenvolvimento de competências, contribuir para a sua valorização pessoal e familiar e para a sua integração social.

Este ano o concelho da Guarda vai passar a ter uma nova resposta que vai de encontro às necessidades em saúde mental refere uma nota informativa da Casa de Saúde Bento Menni na Guarda. O Gabinete de intervenção comunitária (GIC), da responsabilidade da Casa de Saúde Bento Menni vai dar apoio à população nas áreas da prevenção, literacia, combate ao estigma e reabilitação psicossocial. O projeto é promovido em parceria com a Câmara Municipal da Guarda e financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego como explica a entidade.


O objetivo do GIC é prevenir situações de doença mental e dotar a comunidade de informação que ajude na deteção precoce de sinais e sintomas de alerta. Os casos referenciados serão depois encaminhados para as respostas que melhor se adequem às necessidades identificadas.


O gabinete visa ainda apoiar a recuperação e a reabilitação das pessoas com doença mental, facilitar o seu processo de desenvolvimento de competências, contribuir para a sua valorização pessoal e familiar e para a sua integração social.


No espaço do GIC, serão dinamizadas várias atividades como rastreios de saúde mental, ações de sensibilização e informação, formação para profissionais, ações de rua para a promoção da saúde mental, sessões psicopedagógicas para pessoas com doença mental e famílias, encaminhamento para recursos da comunidade e intervenção ocupacional e de reabilitação, entre outras, acrescenta a mesma fonte.


Hoje, dia 7, Dia Mundial da Saúde, está prevista uma ação pela saúde mental, que consistirá num desafio de caminhada, que poderá ser realizado individualmente ou em família, entre os dias 7 e 21 de abril.

Recorde-se que há 26 anos que a Casa de Saúde Bento Menni presta cuidados diferenciados de saúde na Guarda, onde disponibiliza atualmente um atendimento holístico e integral a 168 pessoas. A organização pertence ao Instituto das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus que desenvolve a sua missão em psiquiatria e saúde mental em 12 Centros Hospitaleiros no continente e ilhas e também fora de Portugal, em 27 países espalhados por 4 continentes.



Conteúdo Recomendado