Município do Sabugal integra rede solidária do medicamento

Podem beneficiar do programa “todos os agregados familiares cuja capitação seja inferior a 50% do Indexante dos Apoios Sociais (IAS)”.

O município do Sabugal e a Associação Dignitude celebraram um protocolo para garantir a pessoas carenciadas o acesso a medicamentos prescritos por receita médica e comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde, através do programa “abem: Rede Solidária do Medicamento”.

“Para além de pessoas carenciadas, o programa abrange igualmente casos de situação inesperada de carência económica decorrente de desemprego involuntário ou de doença incapacitante, entre outras situações de carência que poderão ser também consideradas. Pessoas institucionalizadas não são consideradas elegíveis para a condição de beneficiário”, segundo a autarquia.

A fonte refere ainda que podem beneficiar do programa “todos os agregados familiares cuja capitação seja inferior a 50% do Indexante dos Apoios Sociais (IAS)”.




Conteúdo Recomendado