Município de Fornos de Algodres vai adquirir um veículo elétrico

A principal finalidade da candidatura aprovada pelo Fundo Ambiental será de apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável.

A candidatura para aquisição de viatura elétrica foi submetida ao Fundo Ambiental e foi aprovada.


O município de Fornos de Algodres vai adquirir um veículo elétrico graças a uma candidatura submetida ao Fundo Ambiental que foi aprovada. A candidatura com um apoio de 50 por cento no valor da aquisição do veículo elétrico ligeiro, pretende promover a descarbonização e a melhoria do desempenho ambiental do Parque de Veículos da Câmara Municipal de Fornos de Algodres refere uma nota da autarquia.

Portugal assumiu o compromisso de atingir a neutralidade carbónica até 2050, tendo estabelecido metas de redução das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) para 2020 e 2030 e identificado, no contexto do Sistema Nacional de Políticas e Medidas (SPeM), políticas e medidas capazes de assegurar o cumprimento das citadas metas, tendo em vista a descarbonização da economia, concretizando o Programa Nacional para as Alterações Climáticas PNAC 2020/2030.

Das 182 candidaturas consideráveis elegíveis para a atribuição de financiamento, a Câmara Municipal de Fornos de Algodres foi uma das selecionadas. “Esta candidatura tem como principal objetivo a continuação das políticas ambientais na área ambiental que estão a ser desenvolvidas pela Câmara Municipal de Fornos de Algodres no concelho” refere a mesma fonte.

A principal finalidade da candidatura aprovada pelo Fundo Ambiental será de apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento dos objetivos nacionais e internacionais, designadamente os relativos às alterações climáticas.

“A aquisição desta viatura elétrica – que será submetida brevemente a concurso público – inserida no Programa de Apoio à Mobilidade Elétrica na Administração Pública, pressupõe a substituição de um veículo com mais de 10 anos do Parque de Veículos da Câmara Municipal” conclui.




Conteúdo Recomendado