Ministra da Administração Interna apresentou demissão, Costa aceitou

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, apresentou o pedido de demissão, que foi aceite pelo primeiro-ministro, anunciou hoje o gabinete de António Costa.

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, demitiu-se do cargo. Em carta enviada ao primeiro-ministro, revela que já tinha pedido a saída após Pedrógão Grande.

A informação foi confirmada esta quarta-feira de manhã pelo gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

“A ministra da Administração Interna apresentou-me formalmente o seu pedido de demissão em termos que não posso recusar”, lê-se numa nota enviada às redações pelo gabinete do primeiro-ministro.

António Costa agradece a Constança Urbano de Sousa ” a dedicação e o empenho com que serviu o país o desempenho das suas funções”.
A ministra apresentou o pedido de demissão numa carta dirigida a António Costa. Na missiva, Constança Urbano de Sousa recorda ao primeiro-ministro que quis demitir-se após Pedrógão, mas que aceitou ficar após a recusa do líder do Executivo.

Agora, após nova tragédia, Constança insistiu. “Apresento agora, formalmente, o meu pedido de demissão, que tem de aceitar, até para preservar a minha dignidade pessoal”, lê-se na carta.




Conteúdo Recomendado