Militar da GNR da Guarda morre de Covid-19

Cabo Carlos Honoro tinha 52 anos. Associação dos Profissionais da Guarda – APG/GNR utilizou o Facebook para endereçar condolências à “família, colegas e amigos”.

Um militar do Destacamento de Trânsito da GNR da Guarda morreu este domingo, vítima da Covid-19.

O cabo Carlos Honoro tinha 52 anos, adiantou a GNR.

“A Guarda Nacional Republicana está de luto”, pode ler-se na publicação no Facebook daquela força de segurança. “Os nossos sentidos pêsames e apoio à família e amigos do nosso militar.”

Também a Associação dos Profissionais da Guarda – APG/GNR utilizou o Facebook para endereçar condolências à “família, colegas e amigos”.

Carlos Honoro é o quarto elemento das forças de segurança a morrer de Covid-19. Há uma semana, recorde-se, também um agente da PSP, de 59 anos, morreu vítima de Covid-19. Eduardo Contreiras, que trabalhava na Divisão do Barreiro, estava hospitalizado desde janeiro. Já Nuno Assis, militar da GNR, morreu no dia 8 de fevereiro, e António Pedro Melo Lourenço Cabelo, agente da PSP de Coimbra, morreu no dia 13 de março, como deu conta a PSP numa publicação no Facebook.



Conteúdo Recomendado