Manteigas recebe 1.º Encontro Nacional de Caminheiros da Fundação INATEL

Com este evento, a Fundação INATEL também pretende aumentar a oferta disponibilizada aos associados e a todos os participantes.

O concelho de Manteigas, na Serra da Estrela, vai acolher o 1.º Encontro Nacional de Caminheiros da Fundação INATEL, que está agendado para os dias 27 e 28, foi hoje anunciado.

A atividade de aventura em ‘outdoor’ é promovida pela Fundação INATEL e resulta de uma parceria com a Associação de Desporto para Todos de Coimbra.

Bruno Paixão, responsável da Fundação INATEL no distrito de Coimbra, disse hoje à agência Lusa que a atividade deverá contar com a participação de “entre 100 a 200 pessoas” de vários pontos do país.

Segundo o dirigente, “a iniciativa visa disponibilizar uma oferta mais abrangente aos associados e demais participantes e tem também o intuito de reforçar a ação da instituição no desenvolvimento de um turismo sustentável e como agente de valorização territorial, conjugando o lazer com a atividade física”.

“Procuramos que seja aliada à atividade de bem-estar e desportiva também uma componente de turismo sustentável e, sobretudo, uma união de várias gerações com interesses distintos”, disse Bruno Paixão.

Com o Encontro Nacional de Caminheiros, a Fundação INATEL também pretende aumentar a oferta disponibilizada aos associados e a todos os participantes.

A ação a realizar no concelho de Manteigas, no distrito da Guarda, apresenta uma modalidade de um dia apenas, no último domingo de outubro, e outra composta por dois dias, sábado e domingo (dias 27 e 28).

Segundo a organização, “comum a ambas as modalidades é a caminhada pela Rota das Faias, o abastecimento alimentar no percurso, a oferta do ‘kit’ oficial do evento e o almoço convívio no final”.

Os caminheiros que optarem pela modalidade alargada de dois dias poderão ficar alojados nas instalações hoteleiras do INATEL, com direito ao jantar de sábado e ao pequeno-almoço, para além do almoço de convívio no domingo.

Poderão ainda participar, no sábado, num seminário sobre temáticas relacionadas com as atividades ‘outdoor’ e com foco específico em caminhada e ‘trekking’ (14:00), e num “momento único e exclusivo”, que consiste numa caminhada ao pôr-do-sol (17:30) pela Rota do Poço do Inferno, “onde se avista a famosa cascata natural com o mesmo nome, com cerca de dez metros, que chega a transformar-se em gelo nos invernos mais rigorosos”, adianta a organização.

A Rota das Faias será calcorreada pelos caminheiros no domingo, a partir das 09:30, ao longo de cerca de cinco a seis quilómetros.

Os promotores referem que o percurso da Rota das Faias possibilitará “a descoberta de algo novo e surpreendente a cada instante, desde a vegetação esplendorosa a paisagens




Conteúdo Recomendado