Loja ‘online’ de Fornos de Algodres com 95 encomendas nos primeiros seis meses

A loja ‘online’ criada pelo município de Fornos de Algodres, Guarda, para tornar os produtos característicos daquela região mais acessíveis aos consumidores, processou “mais de 95 encomendas” nos primeiros seis meses de funcionamento, foi hoje anunciado.

“Entre o dia 16 de março, [quando o projeto arrancou] e o dia 13 de setembro foram vendidas mais de 95 encomendas e feitos mais de 300 registos na plataforma [na internet]”, disse hoje à agência Lusa o vereador Bruno Costa, responsável pelo pelouro do ambiente e das alterações climáticas na Câmara Municipal de Fornos de Algodres.

O projeto, denominado “O Bom Sabor da Serra”, permite “levar o bom sabor da Serra [da Estrela] diretamente de Fornos de Algodres para o mundo”, segundo o município.

De acordo com a autarquia, na plataforma digital “é possível encomendar queijo Serra da Estrela, enchidos e fumeiros, vinho, azeite, mel e queijadas [de urtiga]”, sendo que “todos os produtos são exclusivamente produzidos por produtores locais, com recurso a ingredientes também eles 100% locais”.

A loja pode ser visitada em www.obomsabordaserra.pt e a gestão das encomendas é da responsabilidade dos dez produtores que, até ao momento, aderiram ao projeto.

Segundo o vereador Bruno Costa, os dados apurados pela autarquia indicam que Fornos de Algodres já vendeu por esta via produtos para 16 dos 18 distritos do país, exceto para Viana do Castelo e Bragança, sendo que Lisboa “destaca-se com 35% do total” das transações realizadas.

“Todos os produtores presentes na plataforma já venderam produtos mais do que uma vez. Muitos dos clientes já são habituais, porque fizeram mais de três compras”, referiu.

O autarca disse à Lusa que os vários produtos presentes na plataforma tiveram procura, mas destacam-se o queijo certificado Serra da Estrela (mais de 60 unidades vendidas ), o queijo de cabra (mais de 75), o azeite (mais de 40), as queijadas de urtiga (mais de 80 caixas com quatro unidades) e as alheiras de urtiga (mais de 20 unidades).

A plataforma “O Bom Sabor da Serra” foi apresentada recentemente ao secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes Gomes, que fez “o reconhecimento público” do projeto, segundo o vereador.

Tendo em conta o impacto que a iniciativa está a ter a nível local e por ter sido reconhecida como um bom exemplo para o país, é intenção do município “ligar a plataforma à área do turismo” e dar-lhe “escala”.

No campo do turismo, Bruno Costa admite a possibilidade de ser criado um mecanismo que permita que quem compre produtos a partir de um certo montante, que ainda não está estipulado, seja convidado a visitar Fornos de Algodres.

É ainda intenção da autarquia dar “escala” ao projeto promovendo o trabalho em rede com outros municípios da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela e da Associação Geopark Estrela.

A loja ‘online’ foi criada pelo município de Fornos de Algodres, com o apoio do Fundo Ambiental, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.




Conteúdo Recomendado