Lançado primeiro concurso de azeites ‘online’ em Portugal

O objetivo é de “potenciar o reconhecimento do trabalho dos olivicultores durante a campanha e a valorização e promoção dos seus produtos”.

O Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo (CEPAAL) anunciou hoje a realização do primeiro concurso de azeites ‘online’ em Portugal, na sequência da pandemia de covid-19, como forma de apoiar os produtores olivícolas.

“O CEPAAL viu-se obrigado a procurar uma alternativa ao cancelamento dos concursos [habituais], de forma a apoiar os produtores olivícolas e também para que a campanha de 2019/20, uma campanha história para Portugal, não passasse despercebida”, explicou a entidade em comunicado.

Neste sentido, o centro vai realizar o habitual Concurso de Azeite Virgem da Feira Nacional de Olivicultura, mas via ‘online’, “sendo este o primeiro concurso português nestes moldes”.

O concurso, marcado para o dia 04 de junho, decorrerá através de uma plataforma disponibilizada na Internet pela direção técnica do CEPAAL a cada um dos membros do júri, que fará as provas dos azeites “em suas casas ou local de trabalho”.

Com o cancelamento de várias feiras e concursos, devido à pandemia de covid-19, o centro considerou que os produtores vêm dificultada “a promoção dos seus produtos e o reconhecimento do seu trabalho”, numa altura em que a promoção é “crucial”, o que levou a “inovar” no concurso que organiza anualmente.

“Esta é uma iniciativa pioneira em Portugal para que não deixemos de premiar o que de melhor se faz na olivicultura portuguesa, valorizando e reconhecendo o trabalho de cada produtor”, referiu o CEPAAL.

O centro, cuja atividade está orientada para a promoção e valorização dos azeites nacionais, no geral, e alentejanos, em particular, é a entidade organizadora de dois concursos de azeite em Portugal com o objetivo de “potenciar o reconhecimento do trabalho dos olivicultores durante a campanha e a valorização e promoção dos seus produtos”.



Conteúdo Recomendado