IX Jornadas do Enoturismo na Guarda

A assinatura do Protocolo para a criação da Rota do Vinho da Beira Interior e a abertura da Loja da CVR da Beira Interior são os destaques destas Jornadas.

“Um vinho da Beira Interior é a prova absoluta de que o vinho é território. Resiliência, Diversidade, Imensidão e Generosidade. Tudo no mesmo copo” refere a organização das IX Jornadas do Enoturismo, que decorrem no território da Beira Interior nos próximos dias 4, 5 e 6 de dezembro. O palco do Teatro Municipal da Guarda vai contar com a participação de 10 oradores nacionais e duas oradoras internacionais, e já tem mais de 120 participantes confirmados.


“Serão uma oportunidade imperdível de aprender e refletir sobre a importância que o Enoturismo tem para o território do centro de Portugal” refere Rodolfo Queirós, presidente da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior.


A assinatura do Protocolo com várias autarquias da região para a criação da Rota do Vinho da Beira Interior e a abertura da Loja da CVR da Beira Interior, no dia 5 de dezembro, às 14 horas, no Solar do Vinho, na Guarda, são os destaques destas Jornadas de Enoturismo.


O encontro é subordinado ao tema “O Centro de Portugal como destino” e é organizado pelas Comissões Vitivinícolas Regionais do Dão, Beira Interior, Região de Lisboa e Tejo, bem como da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra e da Associação Rota da Bairrada.


Estão previstas conferências sobre o Enoturismo e visitas técnicas a produtores da Beira Interior. A importância das rotas enoturísticas, boas práticas internacionais, a investigação e a tecnologia e ainda o território e a autenticidade como os principais ativos dos territórios são alguns dos temas que serão debatidos.

A participação é gratuita e destina-se a todos os interessados. Pode fazer inscrição AQUI.




Conteúdo Recomendado