IPG implementa plano de contingência para fazer face ao COVID-19

O documento define os procedimentos para lidar com potenciais casos de infeção no seio da comunidade académica.

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) implementou um plano de contingência para lidar com potenciais casos de infeção com o coronavírus COVID-19. O Politécnico irá articular todas as direções das escolas e serviços, de acordo com as diretrizes das entidades de saúde pública, com o objetivo de dar a resposta adequada em termos de segurança, caso venham a existir suspeitas da existência de infetados.


O plano define os procedimentos a ter em conta por alunos, docentes, investigadores e colaboradores, assim que sintam sintomas de infeção respiratória aguda como febre, tosse e dificuldade em respirar, a somar a terem estado em locais onde se verifiquem casos de COVID-19. O documento indica as pessoas a quem se devem dirigir, os locais e as condições dos espaços para onde serão encaminhados os potencialmente infetados. Estão definidas as salas e os serviços do IPG, para servir de apoio a quem necessitar de isolamento.


“Apelamos a toda a comunidade académica a leitura atenta do documento e o respeito pelas normas e indicações que o compõem” refere o comunicado enviado ontem ao fim do dia.


O documento pode ser consultado AQUI.



Conteúdo Recomendado