Instituto Politécnico da Guarda com acréscimo de 51% de alunos em mestrados

Este ano letivo funcionam 11 mestrados no IPG, mais três do que em 2019-2020.

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) tem este ano letivo 171 estudantes de mestrado inscritos nas suas quatro escolas superiores, o que corresponde a um acréscimo de 51% em relação a 2019-2020, foi hoje anunciado.

“O IPG conta no ano letivo 2020-2021 com 171 mestrandos, o que representa um aumento de 58 novos alunos em mestrados em relação ao último ano. Este número representa um acréscimo de 51% de estudantes a frequentar cursos do 2.ºciclo do ensino superior na instituição”, refere o IPG em comunicado hoje enviado à agência Lusa.

Este ano letivo funcionam 11 mestrados no IPG, mais três do que em 2019-2020: Computação Móvel (na Escola Superior de Tecnologia e Gestão) e Enfermagem Comunitária e Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria (na Escola Superior de Saúde).

“As escolas do IPG são cada vez mais procuradas por estudantes que pretendem fazer uma especialização e dar um salto qualitativo no seu percurso académico”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG, citado na nota.

O responsável acrescenta que “após os números históricos” de novos estudantes nas licenciaturas, os dados relativos aos mestrados “reforçam o crescimento que o Politécnico da Guarda está a consolidar e aumentam o seu prestígio”.

“Estamos a apostar num reforço e diversificação da oferta formativa de forma que os estudantes reforcem ou atualizem as suas competências e acompanhem as necessidades e exigências do mercado”, afirma o responsável.

O IPG ministra 11 cursos de mestrado: Enfermagem Comunitária, Ciências Aplicadas à Saúde, Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria (Escola Superior de Saúde, 44 alunos), Sistemas Integrados de Gestão, Marketing e Comunicação, Construções Civis, Gestão, Computação Móvel (Escola Superior de Tecnologia e Gestão, 88 alunos), Gestão e Sustentabilidade no Turismo (Escola Superior de Turismo e Hotelaria, 22 alunos), Ciências do Desporto e Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico (Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto, 17 alunos).

Este ano letivo, o IPG teve 636 novos estudantes matriculados nas suas licenciaturas.

Segundo a fonte, “entraram mais 187 alunos do que no ano transato, o que corresponde a um aumento de 42%”.

“Estamos satisfeitos com o balanço deste ano e, apesar do aumento do número de alunos nas nossas instalações, adotámos todas as medidas impostas pela Direção-Geral da Saúde para evitar contágios do novo coronavírus”, afirma Joaquim Brigas.

Segundo o responsável, a segurança da comunidade académica é a prioridade e nas quatro escolas do IPG “continuará a adotar-se o regime de ensino misto, com turmas em espelho – um grupo em sala de aula e o outro grupo em casa – mantendo todas as medidas de proteção e segurança sanitária”.



Conteúdo Recomendado