Idanha-a-Nova recebe festival de teatro internacional

De 13 a 23 de setembro, Idanha-a-Nova recebe um festival de teatro internacional que conta com a presença de nove companhias de Portugal e de Espanha.

Segundo refere um comunicado da Câmara de Idanha-a-Nova, “os grupos de teatro chegam de várias zonas do país e da vizinha Espanha. Além da Ajidanha, companhia organizadora, somam-se mais oito companhias de teatro, provenientes de Avintes, Barcelos, Benedita, Cáceres e Castuera (Espanha), Covilhã, Machico e Pombal”.

O Festival de Teatro Ajidanha é organizado pela companhia Ajidanha e pelo município de Idanha-a-Nova.

Além dos oito espetáculos de teatro agendados, a iniciativa conta ainda com exposições, cinema, magia e ‘stand up comedy’.

O arranque do festival decorre na quinta-feira, dia 13 de setembro,  com a exibição do filme “Canção Raiana Perdida”, que evidencia as raízes sonoras da Beira Baixa e que será exibido a partir das 21h30, no Centro Cultural Raiano (CCR).

No mesmo dia, às 20h30, no CCR, é inaugurada uma exposição de fotografia cedida pela Fatex – Federación de Asociaciones de Teatro de Extremadura (Espanha).

Na sexta-feira, o Grupo de Teatro de Machico apresenta a “Farsa de Inês Pereira” no CCR e, no dia seguinte, no Estúdio Teatro Ajidanha, o Grupo espanhol Serena Teatral apresenta a peça “Con Los Pies Sangrantes”.

No domingo, o Grupo de Teatro da Benedita sobe ao palco do CCR com a peça “E Afinal a Vida é como as Orquídeas?” e, no dia seguinte, a companhia ASTA – Covilhã exibe no estúdio teatro Ajidanha a peça “Paradjanov – A Celebração da Vida”.

No dia 18, no CCR, A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos apresenta os “Maltrapilhos” e, a 19, o salão da freguesia de Toulões recebe “Ri-te, Rita”, uma ‘stand up comedy’ com Rita Leitão.

A 20, Zé Mágico apresenta a “Farinha Mágica” no salão da Freguesia de São Miguel de Acha e, a 21, as companhias Ajidanha e De La Burla Teatro exibem “Os Miseráveis”, no Estúdio Teatro Ajidanha.

Dia 22 sobe ao palco do salão de festas da Aldeia de Santa Margarida a companhia de Teatro Amador de Pombal com os “Lusíadas?”.

O festival encerra no dia 23, no Centro Cultural do Ladoeiro, com a companhia Plebeus Avintenses que vão exibir a peça “Aqui Há Fantasmas”.




Conteúdo Recomendado