ICNF e Município de Gouveia iniciam ações de estabilização de solos

A ação de estabilização de emergência, com recurso às técnicas de mulching, irá ocorrer na zona de Folgosinho e em Mata da Câmara.

O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), em conjunto com o Município de Gouveia inicia hoje, dia 20 de dezembro, ações de estabilização de emergência nos terrenos afetados pelos incêndios em Folgosinho.

A ação de estabilização de emergência, com recurso às técnicas de mulching, irá ocorrer na zona de Folgosinho, numa área de 7,5 hectares e numa área designada como Mata da Câmara, freguesia de Gouveia, numa área de 10 hectares e irá envolver 3 equipas de sapadores florestais, 15 elementos da ANPC – força especial de bombeiros e 5 elementos da GNR – Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro, segundo uma nota da autarquia.

A ação tem como objetivo reduzir a velocidade da água durante as escorrências; reduzir a erosão; aumentar a taxa de infiltração e facilitar a retenção das cinzas.

Esta iniciativa realiza-se no âmbito de um conjunto de ações promovidas pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) em conjunto com os Municípios de Lousã, Tondela, Covilhã, Pampilhosa da Serra, Trancoso, Vila Real e Gouveia, a GNR- GIPS e a ANPC – (Força Especial de Bombeiros), para estabilização de emergência nos terrenos afetados pelos incêndios deste verão.

Trata-se de um conjunto de medidas a curto prazo que têm como objetivo o controlo de erosão e o tratamento e proteção de encostas através de corte e processamento de resíduos florestais, instalação de barreiras de resíduos florestais, troncos, abertura de regos segundo as curvas de nível.




Conteúdo Recomendado