Homem detido por abuso sexual de crianças em Celorico da Beira

A PJ refere que os crimes “ocorreram em ambiente de habitual convivência familiar”.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 31 anos por ser o presumível autor da prática de crimes de abuso sexual de crianças e de coação, ocorridos em Celorico da Beira, foi hoje anunciado.

Segundo um comunicado do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, o homem, desempregado, foi detido na tarde de domingo, em Celorico da Beira, no distrito da Guarda, por ser “o presumível autor da prática reiterada dos crimes de abuso sexual de crianças, agravado, e de coação, igualmente agravado”.

A PJ refere que os crimes “ocorreram em ambiente de habitual convivência familiar”.

“Os factos constitutivos de tais crimes vinham ocorrendo já desde o ano de 2017, entre as localidades de Aguiar da Beira e de Fornos de Algodres, onde o detido atualmente reside, tendo como vítimas uma enteada e a sua própria filha, atualmente com 12 e 08 anos de idade, respetivamente”, lê-se na nota.

A detenção do suspeito ocorreu na sequência de um mandado emitido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Ministério Público da Guarda e o homem vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.



Conteúdo Recomendado