Governo escolhe Covilhã para sediar novo Centro de Inovação do Turismo

O Governo anunciou no passado dia 16 de janeiro, a criação na Covilhã do Centro de Inovação do Turismo.

O anúncio foi feito pelo Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, numa audição realizada em sede de Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, na Assembleia da República. O Ministro enquadra a criação deste Centro na “estratégia nacional para a inovação que pretende que, em 2030, 3% do Produto Interno Bruto seja direcionado para investigação e desenvolvimento”.

O Centro de Inovação do Turismo será uma estrutura de “âmbito nacional e única no país”, que segundo o governante, terá como objetivo “inovar e ter melhores práticas na indústria turística, quer em termos de produto quer de processo”.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Vítor Pereira, “este é um dia histórico para a Covilhã. Este anúncio é o culminar de um trabalho árduo que tem reforçado o papel da Covilhã no panorama turístico nacional e internacional”.

O autarca acrescenta ainda que este organismo “ficará sediado no centro da cidade, nas antigas instalações dos correios e da PT, e permitirá a criação de postos de trabalho qualificados. O Centro terá uma forte ligação à Universidade da Beira interior, às escolas de turismo e aos centros de incubação, naquele que será um veículo transformador do turismo em Portugal”.

O Centro de Inovação do Turismo (NEST) é um projeto dinamizado pelo Turismo de Portugal em parceria com várias entidades nacionais e internacionais, tais como a ANA – Aeroportos de Portugal, o Banco BPI, a Brisa – Autoestradas de Portugal, S.A., o Google ou a Microsoft Portugal, vocacionado para o apoio ao desenvolvimento de novas ideias de negócio, novos projetos e para a capacitação das empresas no domínio da economia digital.




Conteúdo Recomendado