Google Glass esgotaram no único dia de venda

Os óculos inteligentes da Google esgotaram no único dia em que foram colocados à venda. A empresa garante que as oportunidades de compra vão regressar.

Todas as unidades dos Google Glass que foram colocadas à venda de forma excecional esta terça-feira, 15 de abril, nos Estados Unidos, esgotaram. A Google não revelou o número de óculos inteligentes que foram vendidos, noticia a imprensa norte-americana.

Os dispositivos tiveram um preço de 1.500 dólares (cerca de 1.000 euros) e estavam disponíveis na página oficial da Google Glass para todos os cidadãos dos Estados Unidos com idade igual ou superior a 18 anos.

A Google assegura àqueles que não tiveram oportunidade de adquirir os óculos que haverá uma ampliação de vendas no futuro.

Nesta terça-feira, a gigante tecnológica anunciou ainda que o aparelho receberá a atualização do Android 4.4 Kit Kat que permite aos utilizadores criar aplicações para os óculos e ainda acresce uma série de melhorias entre elas uma maior duração da bateria.

De acordo com a empresa, citada pelo site “tecnologia.com.pt”, a auto-exigência da companhia determinou a desativação das vídeo-chamadas que estavam disponíveis nos Google Glass. “Queremos sempre manter altos padrões para os recursos que construímos, e as chamadas de vídeo não estavam de acordo com esses padrões. Por esta razão, tomamos a difícil decisão de remover as chamadas de vídeo dos Google Glass até que a experiência se torne melhor”, explicou a Google em comunicado.




Conteúdo Recomendado