GNR reforça fiscalização com “Operação Páscoa”

De 18 a 22 de abril vão ser reforçados o patrulhamento e a fiscalização nas estradas portuguesas.

Vem aí a Operação Páscoa, que começa já esta quinta-feira. De 18 a 22 de abril, a GNR vai intensificar o patrulhamento e a fiscalização nos principais eixos rodoviários, “com o objetivo reduzir os índices de sinistralidade e de apoiar os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança”, lê-se em comunicado.

Numa época normalmente caracterizada por férias e grandes viagens para junto da família, é natural que o tráfego rodoviário aumente. Por isso, a GNR vai ter “especial preocupação com os comportamentos de risco dos condutores, sobretudo os que ponham em causa a sua segurança e a de terceiros”. É o que avisa desde já.

Atenção

  • A manobras perigosas;
  • À correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direção e de cedência de passagem;
  • À utilização indevida do telemóvel;
  • À condução sob a influência do álcool e substâncias psicotrópicas;
  • Ao excesso de velocidade;
  • À incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças;
  • Às condições de segurança dos veículos.

Conselhos a seguir

  • Efetuar um planeamento cuidado das viagens, evitando os períodos do final do dia, quando se prevê maior intensidade de tráfego;
  • Descansar convenientemente antes de efetuar a viagem e, pelo menos de 2 em 2 horas, ou sempre que sinta necessidade, efetue paragens para descansar;
  • Adequar a velocidade às condições climatéricas, ao estado da via e ao volume de tráfego;
  • Manter a calma em situações de elevada intensidade de tráfego, que possam obrigar à circulação a baixa velocidade;
  • Evitar manobras que possam resultar em embaraço para o trânsito ou contribuir para a ocorrência de acidentes;
  • Adotar uma condução atenta e defensiva, para que contribuam para a redução dos índices de sinistralidade rodoviária.



Conteúdo Recomendado