GNR deteve sete homens por posse ilegal de armas em Sabugal e Vilar Formoso

Os sete suspeitos estão hoje a ser presentes no Tribunal Judicial da Guarda para primeiro interrogatório e aplicação de eventuais medidas de coação.

A GNR deteve sete homens, com idades entre 27 e 68 anos, por posse ilegal de armas, nos concelhos de Sabugal e de Almeida, no distrito da Guarda, foi hoje anunciado.

Segundo uma nota do Comando Territorial da GNR da Guarda, os suspeitos foram detidos, na quinta-feira, através do Destacamento Territorial de Vilar Formoso (Almeida).

“As detenções ocorreram na zona raiana do Sabugal e de Vilar Formoso”, adiantou à agência Lusa uma fonte da GNR.

De acordo com o comunicado, a ação foi efetuada “no âmbito de uma investigação relacionada com tráfico de armas de fogo, a decorrer há dois anos”.

Na operação, que envolveu o cumprimento de 11 mandados de busca domiciliária, aquela força policial apreendeu quatro armas de fogo, um bastão extensível, um aerossol e 369 munições, que estavam na posse dos detidos.

Os suspeitos residem nos concelhos de Sabugal e de Almeida, ambos situados junto da fronteira com Espanha, e “ausentam-se em trabalhos temporários” para o país vizinho, indicou fonte da GNR.

Os sete suspeitos estão hoje a ser presentes no Tribunal Judicial da Guarda para primeiro interrogatório e aplicação de eventuais medidas de coação.




Conteúdo Recomendado