GNR deteve 10 indivíduos por detenção de arma proibida em Fornos de Algodres

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial da Comarca de Gouveia, dia 13 de junho, para aplicação das medidas de coação.

Segundo o Comando Territorial da Guarda, através do Destacamento Territorial de Gouveia, ontem foram detidos dez homens com idades compreendidas entre os 46 e 86 anos, por detenção de arma proibida, no concelho de Fornos de Algodres.

Trata-se de uma investigação que decorria desde 2017, pelo crime de detenção de arma proibida, deste modo a GNR deu cumprimento a 16 mandados de busca domiciliária e 18 mandados de busca não domiciliária, em residências, seus anexos e veículos, tendo sido apreendido o seguinte material: 730 munições de diversos calibres; 10 detonadores pirotécnicos; 70 m de cordão lento; 52 m de cordão detonante; Três sticks de explosivo gelamonite; 1,2 kg de pólvora; Cinco espingardas; Duas pistolas; Uma carabina; Uma pistola de alarme; Cinco carregadores para munições; Um sabre e Uma faca de abertura automática.

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial da Comarca de Gouveia, dia 13 de junho, para aplicação das medidas de coação.

Esta ação contou com o empenhamento de militares de diversas valências da GNR, nomeadamente, Territorial, Investigação Criminal, Cinotecnia e Inativação de Engenhos Explosivos.




Conteúdo Recomendado