GNR da Guarda promove campanha de angariação de alimentos para animais

A campanha tem como finalidade “ajudar animais de companhia abandonados” e “animais localizados nas áreas afetadas pelos incêndios florestais”.

O Comando Territorial da GNR da Guarda anunciou hoje que está a promover uma campanha de recolha de bens e de alimentos para animais das áreas atingidas pelos incêndios dos dias 15 e 16 de outubro.

Fonte da GNR disse hoje à agência Lusa que a campanha destina-se a recolher “bens de primeira necessidade”, nomeadamente rações ou outros bens alimentares, para animais de companhia, animais de grande porte (bovinos e equídeos) e pequenos ruminantes (ovinos e caprinos).

Os interessados podem participar na campanha entregando os seus donativos nos vários postos territoriais da GNR da área do distrito da Guarda ou nos quartéis dos Bombeiros Voluntários.

Segundo a GNR, a campanha denominada “Ajude-nos a ajudar” tem como finalidade “ajudar animais de companhia abandonados” e “animais localizados nas áreas afetadas pelos incêndios florestais”, sobretudo nos concelhos de Seia e de Gouveia, no distrito da Guarda.

As centenas de incêndios que deflagraram no dia 15 de outubro, o pior dia de fogos do ano, segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves.

Os fogos obrigaram a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas, sobretudo nas regiões Norte e Centro.

Esta foi a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande, em junho, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou, segundo a contabilização oficial, 64 vítimas mortais e mais de 250 feridos. Registou-se ainda a morte de uma mulher que foi atropelada quando fugia deste fogo.




Conteúdo Recomendado