Gabinete de Apoio à Vítima em funcionamento em Penamacor

Este trabalho de prevenção é dirigido à comunidade escolar e à comunidade em geral.

A Câmara Municipal de Penamacor tem a funcionar, desde junho, um Gabinete e Atendimento e Apoio à Vítima de Violência, no âmbito de um protocolo assinado com a Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento.

Este serviço funciona no Gabinete de Ação Social e Educação do Município de Penamacor, no Largo Tenente Coronel Júlio Rodrigues da Silva.

Penamacor foi um dos municípios do distrito de Castelo Branco que aderiu a esta iniciativa de descentralização de serviços, sendo que o Gabinete de Ação Social e Educação responsável pela implementação no terreno.

Segundo refere a nota da autarquia, o primeiro contacto é realizado com as técnicas deste gabinete, agendando-se, posteriormente, um atendimento/intervenção com os técnicos da Amato Lusitano, que se deslocam a Penamacor pelo menos duas vezes por mês ou sempre que for assinalada uma situação emergente.

A mesma fonte acrescenta ainda que a confidencialidade no atendimento está assegurada e que são promovidas todas as condições necessárias ao apoio e proteção das vítimas de violência doméstica, de modo a assegurar o eficaz encaminhamento e apoio das diferentes situações.

O principal objetivo desta medida é intervir e apoiar as vítimas de violência doméstica, a nível social, psicológico e jurídico, “através de um serviço mais próximo e mais presente junto da comunidade”, como explica a nota enviada pela Câmara Municipal de Penamacor.

Outros dos objetivos prende-se com a “prevenção, através da implementação de programas de desenvolvimento de competências para as questões da igualdade de género, não discriminação e direitos humanos, com vista à promoção de relações saudáveis e evitando, assim, comportamentos violentos”, tais como violência ao nível das relações de intimidade, entre pares, contra a pessoa idosa, contra crianças e do abuso sexual.




Conteúdo Recomendado