Fundão: Centro de Migrações pode acolher crianças dos campos de refugiados da Grécia

Mariana Vieira da Silva não avançou, nem com datas para receber as crianças no Fundão, nem com o número de crianças e jovens que podem rumar a este centro.

Mariana Vieira da Silva, ministra da Presidência, esteve na sexta-feira no Fundão, em visita ao Centro para as Migrações e avançou que a cidade pode vir a receber algumas das 500 crianças e jovens que Portugal vai acolher dos campos de refugiados da Grécia, avança a Lusa.


“É nessa possibilidade que estamos a trabalhar. Há um conjunto de obras em curso neste edifício para acolher refugiados que, das mais diversas formas, procuram o nosso país. Temos agora em mãos um projeto que é o de acolher 500 crianças que procuram o nosso país e que vêm sozinhas, sem as suas famílias e, este espaço, com todo o trabalho que no município já se faz, pode ser um espaço importante e relevante para esse acolhimento”, explicou Mariana Vieira da Silva.


No final da visita, a ministra deixou uma mensagem ao Centro, “o trabalho que aqui se faz no Fundão é já muito positivo”, realçou, acrescentando que “podemos sempre melhorar, aprender uns com os outros, com outros municípios e outras zonas do país e é isso que viemos aqui fazer. Procurar tornar um projeto, já tão ambicioso como este, ainda mais ambicioso e a acolher maior diversidade de pessoas”.


Mariana Vieira da Silva não avançou, nem com datas para receber as crianças no Fundão, nem com o número de crianças e jovens que podem rumar a este centro.



Conteúdo Recomendado