Fundão assinou protocolo para combater vespa do castanheiro em Lamego

O Município do Fundão assinou, no mês passado, em Lamego, o protocolo de cooperação designado por “BioVespa”, criado para combater a vespa das galhas do castanheiro.

Este protocolo visa delinear o plano de ação nacional contra a vespa das galhas do castanheiro, praga que afetou a produção de castanha, visando a articulação articulada entre a Comissão Técnica e os Municípios para a implementação da luta biológica contra esta praga.

O “BioVespa” foi formalizado na presença de representantes de dezenas de entidades, nomeadamente da RefCast – Associação Portuguesa da Castanha, direções regionais de agricultura e pescas do Norte e Centro, instituições de inovação e desenvolvimento e municípios.

As responsabilidades dos municípios irão consistir na colaboração na zonagem das áreas infestadas; colaboração técnica e financeira na luta biológica; colaboração na realização das largadas, a serem realizadas pelos técnicos do Ministério da Agricultura e/ou Associados; promoção de ações de sensibilização/informação em conjunto com a comissão técnica do plano de ação nacional para controlo do inseto.




Conteúdo Recomendado