Figueira de Castelo Rodrigo recebe alunos do país em intercâmbio escolar científico

A Plataforma de Ciência Aberta, em colaboração com o Município de Figueira de Castelo Rodrigo, promove pela primeira vez o Science Camp 2018, que irá decorrer de 7 a 9 de junho neste concelho, sob o tema “O Espaço”, para estudantes de todo o país.

O Science Camp 2018 trata-se de um evento de intercâmbio escolar científico, que junta os ingredientes de um acampamento, escola de verão e saídas de campo, com muita exploração, energia e interação para os jovens participantes, oriundos de escolas de todo o país, num total de cerca de 60 alunos.

A primeira edição do evento ficará marcada pela participação da Secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, na sessão de abertura pública, que decorrerá a 7 de junho, pelas 18 horas, na sede da Plataforma de Ciência Aberta, em Barca D’Alva.

Serão três dias com oficinas de ciência, observações astronómicas, caminhadas de exploração, palestras e conversas com cientistas, dedicadas à explicação do universo, em pleno património mundial no interior de Portugal, entre os rios Douro, Águeda e Côa.

O Science Camp 2018 acolherá comunicadores de ciência de renome nacional para a dinamização de atividades com os alunos, como seja a oficina de ciência “O sol roda… e roda torcido” conduzida por João Fernandes, do Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra, ou a palestra “O nosso vizinho marciano” de José Augusto Matos, sendo que esta última será aberta ao público em geral, no dia 8 de junho, pelas 21h30, no Pavilhão Desportivo de Escalhão.

Segundo Paulo Langrouva, presidente do município figueirense, “este evento assenta numa sinergia muito proveitosa para ambos os lados: escolas e território que as vai acolher. Por um lado, os alunos vão poder experienciar um conjunto de atividades científicas num cenário de natureza em bruto, que decerto lhes garantirá uma experiência única; por outro, o nosso concelho vai ganhar mais visibilidade e visitantes. Estou certo que este território vai ganhar mais adeptos com este evento”.

Já Paulo Jorge Lourenço, coordenador educativo da Plataforma de Ciência Aberta, acredita que o “Science Camp 2018 será o primeiro de muitos. Entendemos que a partilha de experiências e de conhecimento, tanto entre alunos, como entre alunos e cientistas, é a forma mais eficaz de atrair os jovens para estas matérias. E, se à temática do evento, conseguimos juntar ainda vida selvagem, património natural e cultural e um céu repleto de estrelas, acreditamos ter descoberto a fórmula secreta para criar uma nova geração de cientistas”.

O Science Camp 2018 é o resultado da adaptação de uma das propostas submetidas ao Orçamento Participativo Jovem 2017, por alunos do Agrupamento de Escolas de Figueira de Castelo Rodrigo. Este evento vem premiar o esforço deste grupo de alunos, ao mesmo tempo que os motiva para o envolvimento e empenho em torno de um projeto de grande interesse para a comunidade escolar e para toda a comunidade local.

Para mais informações, os interessados devem contactar Paulo Jorge Lourenço, através do email: paulo@plataforma.edu.pt, ou pelo telefone: 963257710.



Conteúdo Recomendado