Festival Pão Nosso em Videmonte

O certame decorre nos próximos dias 28, 29 e 30 de julho, no âmbito do ciclo de Festivais de Cultura Popular do Concelho da Guarda.

O cereal que enche de vida e cor o planalto norte da Serra da Estrela é o cartão de visita da 3ª edição deste evento que decorre no final de julho na Aldeia de Montanha de Videmonte, na Guarda.

A cultura do pão de centeio, os valores e identidade naturais da montanha e a sua perfeita harmonia com a cultura local são o mote da terceira edição do “Festival Pão Nosso”. O certame decorre nos próximos dias 28, 29 e 30 de julho, no âmbito do ciclo de Festivais de Cultura Popular do Concelho da Guarda. Com uma oferta alargada de iniciativas que promovem fortemente o envolvimento dos locais, onde os fornos comunitários e os moinhos de água reavivam a memória desta região, esta iniciativa é um elogio a todos os que preservam os saberes ancestrais na preparação deste alimento e os transmitem às novas gerações. A grande novidade de 2017 será a realização de uma Oficina de Pão, pela mão de Diogo Amorim, o jovem padeiro que preserva as técnicas tradicionais do fabrico do pão de centeio. O evento irá ainda contar com um Roteiro dos Fornos comunitários, oficinas de artesanato, poesia e música, atuações locais de concertinas, Cavaquinhos e degustações de sabores e produtos de montanha.

“O Projeto Aldeias de Montanha materializa-se numa estratégia de Desenvolvimento Integrado que pretende valorizar o potencial natural e cultural da região da serra da Estrela e Beira Interior, colocando este território no mapa turístico nacional” afirma Victor Amaral, Vice presidente da Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha e Vereador do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Guarda “Consideramos que estas iniciativas são fundamentais para o crescimento económico e social ao promovermos a tradição, a cultura e identidade e a sua interligação com os valores naturais do Parque Natural da Serra da Estrela. Os fornos comunitários que têm sido preservados ao longo do tempo, são o elemento chave que promovem a ligação entre os locais e quem nos visita ”, adianta.

Esta festa da natureza surge através de uma parceria da ADIRAM – Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede Aldeias de Montanha, com o Município da Guarda e integra o Plano de Animação da Estratégia de Eficiência Coletiva iNature, que tem como objetivo consolidar o posicionamento da região Centro no Turismo de Natureza, e em particular do Parque Natural da Serra da Estrela, potenciando as “Aldeias de Montanha”, enquanto marca agregadora do potencial turístico da Serra da Estrela, de uma forma sustentável, integrada, inovadora e criativa.



Conteúdo Recomendado