Feira de Turismo reúne na Guarda perto de 200 expositores nacionais e espanhóis

Béjar tem destaque ao longo do primeiro dia (sábado) e no dia seguinte, domingo, será a vez da região da Extremadura.

A 5.ª edição da Feira Ibérica de Turismo (FIT), a realizar entre sábado e 01 de maio, na Guarda, conta com a participação de cerca de 200 expositores, sendo 20 provenientes de Espanha, foi anunciado.

Segundo a Câmara Municipal da Guarda, participam no certame regiões de turismo, agências de viagens, hotéis, termas, associações de municípios, comunidades intermunicipais, autarquias, empresas de enoturismo e ligadas ao desporto de aventura, gastronomia ou artesanato e organismos oficiais.

A FIT, que vai decorrer no Parque Urbano do Rio Diz, celebra este ano a eleição de Portugal, pela World Travel Awards, como “o ‘Melhor Destino Turístico do Mundo’ em 2017” e presta homenagem a este destino turístico.
O evento, que tem vindo a afirmar-se como um dos “mais importantes certames do setor do turismo do país”, terá ainda a cidade espanhola de Salamanca como destino convidado e dias dedicados a outros destinos turísticos do país vizinho, refere a autarquia da Guarda em nota hoje enviada à agência Lusa.

Béjar tem destaque ao longo do primeiro dia (sábado) e no dia seguinte, domingo, será a vez da região da Extremadura, estando a segunda-feira reservada para a promoção da região de Castela e Leão.

“Nesta 5.ª edição da FIT haverá ainda um incremento do setor profissional do certame, com um reforço na área de negócio e dos contactos entre agências e empresas do setor e ‘buyers’ interessados nos destinos turísticos da Península Ibérica, numa colaboração estreita com o Turismo de Portugal”, adianta a fonte.

Com a realização da feira, a Câmara da Guarda pretende “incentivar a troca de experiências, abrindo as portas a novos mercados, bem como a produtos turísticos diferenciadores, e ainda dar a conhecer o património natural e histórico e a gastronomia, atraindo turistas, visitantes e também investidores”.

“Situada no centro/norte de Portugal e junto à principal ligação fronteiriça rodoviária e ferroviária dos dois países, a cidade da Guarda pretende potenciar cada vez mais a ligação social, comercial e estratégica entre Portugal e Espanha”, acrescenta a fonte.

A autarquia considera ainda que, “como plataforma transfronteiriça no panorama nacional e ibérico dos eventos ligados ao turismo, a FIT é uma oportunidade singular de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e de valorização dos recursos endógenos” de uma “vasta e riquíssima região”.

A feira “tem-se afirmado pela qualidade e o seu crescimento tem sido exponencial, tendo-se tornado na segunda maior feira de turismo do país, logo a seguir à Bolsa de Turismo de Lisboa, e na única de âmbito ibérico”, assinala.
O recinto da feira tem cerca de 10 mil metros quadrados de área coberta e para o percorrer “o visitante terá que andar perto de um quilómetro”, segundo a organização.

O espaço expositivo é composto por cinco estruturas: na primeira funciona a bilheteira, a segunda possui a zona de restauração, ‘showcooking’ e espetáculos, e as restantes três acolhem os expositores.

A FIT abre portas às 11 horas de sábado, mas a sessão inaugural, que contará com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, está marcada para as 15 horas.

O bilhete diário de acesso ao recinto custa dois euros e o geral, para os quatro dias, cinco euros. As crianças até aos 12 anos têm entrada gratuita. Para ver programa AQUI.




Conteúdo Recomendado