Federação Distrital da JS indignada com extinção de freguesias

A Federação Distrital da Juventude Socialista (JS) da Guarda mostrou-se hoje “indignada” com a promulgação da lei que irá extinguir freguesias urbanas e rurais. Aquela estrutura emitiu um comunicado e considera que a reforma «será bastante penosa para os cidadãos do interior do país, que perderão uma instituição de proximidade» e «provocará uma maior desigualdade […]

A Federação Distrital da Juventude Socialista (JS) da Guarda mostrou-se hoje “indignada” com a promulgação da lei que irá extinguir freguesias urbanas e rurais.
Aquela estrutura emitiu um comunicado e considera que a reforma «será bastante penosa para os cidadãos do interior do país, que perderão uma instituição de proximidade» e «provocará uma maior desigualdade territorial e social» no país. «O argumento financeiro não é aceitável. A poupança que o Estado consegue com a extinção das freguesias rurais é mínima, se comparada com o prejuízo que traz às populações», refere a JS/Guarda.


Conteúdo Recomendado