Falta de pessoal no Centro de Saúde de Gouveia preocupa Santinho Pacheco

Para além da falta de técnicos de radiologia, o deputado socialista apontou para outros problemas de colocação de pessoal auxiliar, enfermeiros e médicos.

O deputado do PS Santinho Pacheco alertou o Governo para a necessidade de se apostar na contratação de pessoal no Centro de Saúde de Gouveia. Para além da falta de técnicos de radiologia, que condiciona o horário de funcionamento do raio X, o socialista apontou para outros problemas de colocação de pessoal auxiliar, enfermeiros e médicos.

Santinho Pacheco, eleito pelo círculo da Guarda, tomou conhecimento que um dos técnicos de radiologia que prestava serviço no Centro de Saúde de Gouveia foi deslocado para o Hospital Nossa Senhora da Assunção, em Seia. “Como consequência disso, o horário de funcionamento do raio X em Gouveia foi reduzido, em prejuízo dos utentes deste concelho e da região”, explicou.

Enquanto deputado, questionou a presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, que informou que a situação era provisória, uma vez que a transferência se tinha devido ao facto de uma técnica de radiologia de Seia estar de baixa por doença, sendo necessário assegurar os serviços de imagiologia aos utentes desta cidade.

No entanto, numa sessão da Assembleia Municipal de Gouveia em que a saúde foi o tema central, Santinho Pacheco deparou-se com queixas sobre falta de recursos humanos, médicos perto da idade da reforma, instalações deficientes, postos médicos nas freguesias, “tudo parecendo estar em crise e isso é preocupante”.

Deste modo, o parlamentar do PS questionou ao ministro da Saúde se está prevista alguma alteração substancial no funcionamento do Centro de Saúde de Gouveia, não se contentando com “qualquer política de nivelamento por baixo”.



Conteúdo Recomendado