Eduardo Brito desiste da candidatura à Federação do PS da Guarda

Eduardo Brito vai desistir da candidatura à presidência da Federação do PS da Guarda cuja eleição decorre hoje.

A decisão foi tomada após a Comissão Organizadora do Congresso (COC), presidida por António Carlos Santos, não ter validado as listas apresentadas pelo ex-presidente da Câmara de Seia nas concelhias da Guarda, Celorico da Beira, Manteigas, Fornos de Algodres, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo.

Perante este cenário, Eduardo Brito, cuja candidatura à Federação foi validada, decidiu retirar-se, não sem antes recorrer aos órgãos nacionais para tentar reverter a deliberação da COC federativa.

O candidato deverá ainda avançar para os tribunais e requerer anulação do processo eleitoral com vista à sua repetição. António Saraiva, que conta com o apoio de José Albano Marques, presidente cessante, é então o único candidato que vai hoje a votos.



Conteúdo Recomendado