Economistas da UBI ganham Prémio PORDATA Inovação

Os economistas da UBI venceram a 4.ª edição do referido Prémio com a proposta do indicador Intensidade Carbónica por Setor da Atividade (ICSA).

António Marques, docente da Universidade da Beira Interior e investigador do Núcleo de Estudos em Ciências Empresariais, e Daniel Pais e Tiago Afonso, estudantes de Doutoramento e também investigadores daquele centro, foram distinguidos, no passado dia 26, com o Prémio PORDATA Inovação, em cerimónia realizada em Lisboa.

Os economistas da UBI venceram a 4.ª edição do referido Prémio com a proposta do indicador Intensidade Carbónica por Setor da Atividade (ICSA) que avalia a quantidade de gases com efeito de estufa por cada euro produzido e que com esta distinção passa agora a constar da base de dados da PORDATA.

“O indicador ICSA tem como objetivo avaliar a contribuição que cada sector de atividade tem na produção de gases de efeito de estufa. Em termos simples, ler-se-á que por cada 1000 €, determinado sector contribui com uma especifica quantidade de gases de efeito de estuda (em dióxido de carbono equivalente)”, explica António Marques.

O docente continua a explicação: “Ao pensar-se o indicador de forma desagregada, isto é, por sector de atividade económica, é possível fazer uma análise mais detalhada, ao contrário de quando se foca na economia como um todo. Deste modo, podem desenhar-se políticas públicas específicas por sector, pois cada um deles apresenta a sua realidade”.

Para os alunos Daniel Pais e Tiago Afonso, respetivamente bolseiro de doutoramento (BID UBI-Santander Totta) e assistente de Economia no DGE, a participação neste Prémio foi “muito importante” uma vez que o seu trabalho foi reconhecido “por uma instituição com o prestígio da Fundação Francisco Manuel dos Santos”. E sublinham que “para além da satisfação de poder contribuir com um indicador que ajuda a aproximar os cidadãos das estatísticas, este prémio poderá abrir novas portas à UBI e, em específico, aos alunos de doutoramento em Economia”.

Para os economistas da UBI este reconhecimento da PORDATA proporcionará futuras oportunidades de pesquisa, sendo que possíveis indicadores para o próximo prémio inovação 2019 já estão a ser pensados juntamente com outros trabalhos que se encontram em curso.
O Prémio PORDATA Inovação surgiu em 2015 para assinalar o quinto aniversário da base de estatísticas certificadas sobre Portugal, um projeto da Fundação Francisco Manuel dos Santos.




Conteúdo Recomendado