Sindicato dos motoristas de matérias perigosas convoca greve às horas extraordinárias entre 07 e 22 de setembro

A paralisação começa no dia 7 de setembro e termina no dia 22, anunciou Francisco São Bento, presidente do sindicato.

Os motoristas de matérias perigosas vão voltar à greve entre os dias 07 e 22 de setembro, mas desta vez só aos fins de semana e trabalho extraordinário, anunciou hoje o Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas SNMMP).

De acordo o presidente do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Francisco São Bento, já foi entregue o pré-aviso de greve.

A greve dos motoristas de matérias perigosas, que levou o Governo a adotar medidas excecionais para assegurar o abastecimento de combustível, terminou no domingo, ao fim de sete dias de protesto, depois de o SNMMP, que se mantinha isolado na paralisação desde quinta-feira à noite, a ter desconvocado.

O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias desvinculou-se da greve ao quarto dia, na quinta-feira à noite, e vai regressar às negociações com o patronato em 12 de setembro.



Conteúdo Recomendado