Combustíveis mais caros para a semana

Tendência nos mercados internacionais agravou-se nos últimos dias. Gasolina e gasóleo dispararam nas bolsas na última sexta-feira e o aumento deverá ter efeitos apenas na próxima segunda-feira.

Prepare-se para abrir o bolso e pagar mais por um depósito recheado de gasolina ou gasóleo. Depois da progressiva queda de preços dos dois combustíveis mais utilizados em Portugal, que levou a um alívio de 1,1,4 cêntimos no preço médio nacional do diesel sem aditivos e de 0,8 cêntimos por litro na gasolina 95 simples, a próxima semana será quase inevitavelmente marcada por uma revisão em alta.

Na semana passada, a tendência de segunda a quinta-feira tinha sido favorável aos automobilistas, mas um pico de valorização na sessão de sexta-feira acabou por se transformar numa progressiva subida rumo ao valor de hoje. Com os combustíveis mais caros nos mercados, o peso extra será suportado pelos consumidores finais, como acontece na maior parte das ocasiões.

Olhando para os valores nos mercados, a gasolina deverá sofrer um agravamento a rondar um cêntimo por litro no preço médio nacional, contabilizado pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), enquanto o gasóleo terá margem para um aumento ligeiramente superior, mas que não deverá chegar a um cêntimo e meio.

Recorde-se que em todo o todo o território nacional, tendo em conta os últimos dados disponíveis no site da DGEG, a gasolina sem chumbo 95 simples custa em média 1,369 euros por litro; o gasóleo sem aditivos cifra-se numa média de 1,073 euros por litro nos postos de abastecimento de Portugal.




Conteúdo Recomendado