Distrito da Guarda com 7 tradições na final das “7 Maravilhas da Cultura Popular”

Este ano o concurso das “7 Maravilhas” pretende evidenciar a vivência e reconhecimento do património material e imaterial de Portugal.

A região está bem representada no concurso das “7 Maravilhas da Cultura Popular”, contando com uma dezena de tradições nomeadas, de Vila Nova de Foz Côa à Guarda passando por Gouveia e Seia.


Foram divulgados este domingo os 140 finalistas do concurso das “7 Maravilhas da Cultura Popular”. Do distrito da Guarda foram apurados a cestaria fina de Gonçalo (Guarda), o cobertor de papa de Maçaínhas (Guarda), a Festa da Amendoeira em Flor e dos Patrimónios Mundiais (Vila Nova de Foz Côa) e a Festa da Transumância e dos Pastores (Seia). Bem como o Julgamento e Morte do Galo (Guarda), e Festa de Nª Srª de Assedasse (Gouveia) e as tesouras de tosquia de Mateus Filipe Miragaia (Jarmelo, Guarda).


O cobertor de papa de Maçaínhas (Guarda) é um dos apurados na categoria dedicada ao Artesanato. Além do cobertor de papa, foram admitidos ao concurso a Festa da Transumância, submetida pela Câmara de Seia, na categoria “Rituais e Costumes”. Também a Festa da Amendoeira em Flor e dos Patrimónios Mundiais, de Vila Nova de Foz Côa.


Este ano o concurso das “7 Maravilhas” pretende evidenciar a vivência e reconhecimento do património material e imaterial de Portugal.




Conteúdo Recomendado