Departamento de Eletromecânica desenvolve projeto com alunos da Escola Quinta das Palmeiras (Covilhã)

Os alunos da Escola Secundária da cidade da Covilhã vão trabalhar um protótipo nos laboratórios da UBI.

O Departamento de Engenharia Eletromecânica, da Faculdade de Engenharia da Universidade da Beira Interior (UBI), irá trabalhar em parceria com alunos da Escola Secundária Quinta das Palmeiras, no âmbito do projeto “The Water Energy Nexus in SmartHome Context”, selecionado para financiamento no “Concurso Ciência na Escola”, promovido pela Fundação Ilídio Pinho. Trata-se de mais uma das atividades do Departamento de Engenharia Eletromecânica que visa despertar, nos jovens, o gosto pela ciência e, em particular, pela engenharia e que ocorre na sequência da ligação que tem vindo a manter com esta escola da cidade da Covilhã.

No âmbito da parceria, os alunos vão construir um protótipo, a ser desenvolvido nos laboratórios da UBI. O trabalho pretende explorar a ligação existente entre energia e a água no contexto residencial. Este projeto está ligado ao trabalho de investigação desenvolvido no âmbito do projeto EdgeWise, financiado pela FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia e integrado num consórcio ERANETMED.

O nexus água energia evidencia a estreita relação existente entre estes dois recursos. Por um lado, as necessidades energéticas associadas aos processos relacionados com a utilização da água, envolvendo a captação, tratamento, transporte e distribuição. Por outro lado, as necessidades de água na produção de energia, seja pela conversão da energia potencial gravítica em energia elétrica nas centrais hidroelétricas, ou na refrigeração em centrais termoelétricas.

O projeto pretende desenvolver uma solução que auxilie na redução dos consumos de água em edifícios residenciais. Conscientes de que a redução da quantidade de água consumida tem um impacto direto na quantidade de energia envolvida no processo, obtém-se, deste modo, um duplo ganho. Este objetivo será alcançado com o desenvolvimento de dispositivos que alertem em tempo real o utilizador para a quantidade de água que está a utilizar.

A ENERAREA – Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior, agência com forte experiência técnica na implementação de soluções no domínio do projeto, irá colaborar nas ações de divulgação, junto de escolas, do mundo empresarial, e do público em geral.




Conteúdo Recomendado