Núcleo Cinéfilo de Seia leva cinema a cinco aldeias e vilas do concelho

O Núcleo Cinéfilo de Seia vai promover em agosto o projeto “Itinerante”, que leva cinema a cinco localidades daquele concelho da Serra da Estrela.

Segundo a organização, o “Itinerante” tem por objetivo “levar o cinema para a rua e proporcionar uma experiência cultural em comunidade, aproximando o cinema das populações, dinamizando o espaço público de vilas e aldeias e, desta forma, valorizando o território e as suas gentes”.

No mês de agosto, o projeto de cinema itinerante do 7a. Sena – Núcleo Cinéfilo de Seia, entidade independente integrada na Associação de Arte e Imagem de Seia, vai percorrer cinco localidades do concelho de Seia e realizar sessões de cinema, sempre às 21h30, com a exibição de filmes de Charlie Chaplin, “em locais emblemáticos dos povoados”.

A iniciativa começa na sexta-feira, no Mirante de Santo Amaro, em Santiago, prosseguindo, no dia seguinte, no adro da igreja da localidade de Travancinha.

As sessões de cinema prosseguem no dia 09, no largo da igreja de Paranhos da Beira; no dia 10, no largo da igreja de Pinhanços e, no dia 24, no largo da capela de Vasco Esteves de Cima (localidade pertencente à Freguesia de Alvoco da Serra).

A quinta edição do “Itinerante” conta com o apoio do município de Seia e das Juntas de Freguesia de Santiago, Travancinha, Paranhos da Beira, Pinhanços e Alvoco da Serra.

A organização refere que 2019 é o ano do 130.º aniversário do nascimento de Charlie Chaplin (1889-1977), daí que, para celebrar a ocasião, o 7a. Sena – Núcleo Cinéfilo de Seia dedica a edição deste ano do projeto de divulgação do cinema “ao imortal e popular cineasta conhecido por todas as gerações”.

“Com este ciclo, o 7a. Sena pretende celebrar Chaplin e a sua complexa personagem Charlot (o vagabundo). Já dizia o próprio Chaplin que Charlot é, ‘simultaneamente, um vagabundo, um ‘gentleman’, um poeta, um sonhador, um tipo rejeitado, sempre rendido ao romanesco e à aventura'”, conclui a fonte.



Conteúdo Recomendado