CTT e Quercus lançam projeto de reflorestação

Os CTT e a Quercus criaram uma parceria para florestar terrenos baldios em áreas protegidas com espécies vegetais autóctones mais resistentes aos incêndios.

Pelo valor simbólico de três euros, até 31 de outubro, os interessados em apoiar a causa podem adquirir na estação de correios o kit “Vale uma árvore”. O comprador recebe uma “árvore” em cartão reciclado e um código para a Quercus lhe comunicar, na primavera de 2015, o local da plantação. De realçar que as árvores que podem ser apadrinhadas (carvalho-alvarinho, carvalho-negral, sobreiro, azinheira, freixo, azevinho e medronheiro) encontram-se no viveiro florestal do Centro de Educação Ambiental da Sra. da Graça (Sabugal), gerido pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Floresta (ICNF).
O Norte e o Centro de Portugal são as zonas escolhidas para a campanha de reflorestação, que irá beneficiar a Serra da Estrela, Peneda e Gerês, Montemuro e Alvão.




Conteúdo Recomendado