Criado primeiro seguro de proteção de rendimento para produtores de batata

A Safe-Crop e Lusitania lançaram o primeiro seguro de proteção de rendimento para os produtores agrícolas de batata de consumo em Portugal. Este foi apresentado esta última quarta-feira, no primeiro dia da Agroglobal, e conta com o apoio da Porbatata – Associação da Batata de Portugal.

O primeiro seguro de rendimento cobre os riscos de preços e produtividade. Assim, quando a produção ou os preços caem, a seguradora pagará a diferença entre o valor da produção e o rendimento garantido, definido previamente. Para já, este produto só está disponível para a fileira da batata.

A avaliação de rendimento é baseada na variação de preços e de produção no mercado nacional, parâmetros publicados periodicamente pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Elimina-se, para a grande maioria dos casos, a necessidade de peritagem, em caso de sinistro. Devido a este facto, este produto é também o primeiro seguro paramétrico de larga escala existente em Portugal. O prazo do pagamento da indemnização (caso exista) é conhecido logo no momento de subscrição do seguro, permitindo um adequado planeamento da conta de exploração do produtor.

O tradicional seguro de colheitas não responde aos riscos de negócio dos produtores de batata. A evolução das explorações é mais profissional e o recurso a modernas técnicas científicas reduziu o risco de produtividade. O problema da produção de batata reside também no preço, que pode descer de forma abrupta e imprevisível e para o qual não havia, até agora, nenhuma proteção. De facto, a nova solução garante o rendimento qualquer que seja a relação e comportamento da produtividade e preço.




Conteúdo Recomendado