CP transportou 13.500 passageiros em 66 anos da Rota das Amendoeiras em Flor

Nos sábados 16 e 23 de março, a CP – Comboios de Portugal volta a organizar a Rota das Amendoeiras, o passeio que permite apreciar as amendoeiras floridas de Trás-os-Montes e Alto Douro.

A CP-Comboios de Portugal transportou cerca de 13.500 passageiro no percurso da Rota da Amendoeiras, no vale do Douro e Beiras, que começou há 66 anos, tornando-se no produto turístico mais antigo da empresa que hoje divulgou os números.

Em 2017, viajaram neste comboio especial cerca de 2.222 passageiros, tendo-se registado em decréscimo em 2018 de 326 passageiros, fixando-se o número nos 1.896 visitantes que utilizaram o percurso das Amendoeiras em Flor.

A CP salientou à Lusa que a adesão ao produto pode variar, nomeadamente em consequência das condições atmosféricas verificadas, que influenciam diretamente a floração das amendoeiras. No entanto, na maioria das viagens realizadas a procura ultrapassa os 90% da capacidade.

O percurso habitual da Rota das Amendoeiras sai da estação de Campanhã, no Porto, em direção ao Pocinho, concelho de Vila Nova de Foz Côa, distrito da Guarda. Daqui partiam autocarros com diferentes destinos e à escolha do visitante, essencialmente, direcionados para os concelhos do Douro Superior, Beira Interior e Terra Quente transmontana, territórios onde abunda o amendoal.

Este ano há uma exceção no tradicional percurso Campanhã-Pocinho, devido ao encerramento do troço Caíde-Marco de Canavezes para intervenções na infraestrutura. De modo a manter a oferta do produto em 2019, a CP decidiu alterar o trajeto do comboio especial, que irá circular pela Linha da Beira Alta, levando também à alteração dos percursos rodoviários.

Assim, nos sábados 16 e 23 de março, a CP vai voltar a organizar a Rota das Amendoeiras, passeio que permite apreciar as árvores floridas de Trás-os-Montes e Alto Douro e conhecer algumas componentes culturais e gastronómicas da região.

Este ano, excecionalmente, com a alteração de trajeto, o comboio especial parte de Porto-Campanhã às 07 horas, com destino a Celorico da Beira, no distrito da Guarda, chegando às 09h53. A partir desta estação, o passeio prossegue por um dos percursos rodoviários à escolha:

Haverá um percurso designado por “Rota A”, que sai de Celorico da Beira, passado pelo Museu do Côa, Vila Nova de Foz Côa, Figueira de Castelo Rodrigo, Castelo Rodrigo, Miradouro da Serra da Marofa, Almeida, Vila Franca das Naves.

Já um outro percurso, designado por “Rota B”, sairá de Celorico da Beira, passa por Trancoso, Meda, Marialva, Museu do Côa, Vila Nova de Foz Côa, Celorico da Beira.

No regresso, o comboio especial parte da estação de Vila Franca das Naves, no distrito da Guarda, às 19h43, com chegada a Porto-Campanhã às 23 horas.




Conteúdo Recomendado