Covid-19: Município da Guarda reabriu equipamentos desportivos

A autarquia refere que todas as instalações funcionam de segunda-feira a sexta-feira, das 10 às 19 horas, e aos sábados, das 10 às 13 horas.

A Câmara Municipal da Guarda procedeu ontem à reabertura de vários equipamentos desportivos, que estão sujeitos a marcação prévia pelos utilizadores, no âmbito do terceiro período de desconfinamento da pandemia causada pela covid-19.

A autarquia da Guarda reabriu ao público o Pavilhão de São Miguel e a sala de musculação, o Estádio Municipal (pista, pavilhão e ginásio), o campo de futebol do Zambito, as Piscinas Municipais (interiores) e o Pavilhão Gimnodesportivo INATEL.

Segundo o município presidido por Carlos Chaves Monteiro, existem “determinadas normas e procedimentos a seguir para que a utilização dos espaços seja feita em segurança”.

De acordo com as regras gerais para todos os equipamentos, é proibida a sua utilização a utentes que apresentem os seguintes sintomas: tosse, febre acima dos 38 graus, dificuldade respiratória, corrimento nasal, dor de garganta, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações, cansaço, diarreia ou perda de olfato.

A autarquia refere que todas as instalações funcionam de segunda-feira a sexta-feira, das 10 às 19 horas, e aos sábados, das 10 às 13 horas.

Nos equipamentos desportivos municipais apenas é permitida a prática desportiva por pré-marcação e para modalidades individuais.

Ainda de acordo com a nota, é proibida a utilização de balneários, a partilha de materiais ou de equipamentos e o contacto físico entre utilizadores.

No final de cada sessão todos os equipamentos são desinfetados, garante o município da Guarda.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 431 mil mortos e infetou mais de 7,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.



Conteúdo Recomendado