Covid-19: Fornos de Algodres ajuda produtores na comercialização de queijo Serra da Estrela

Para “ajudar os produtores locais e valorizar, ainda mais, os seus produtos” a autarquia lançou “um pacote de medidas promocionais”.

O município de Fornos de Algodres anunciou hoje que tomou medidas para apoiar os produtores que este ano não comercializam queijo Serra da Estrela na feira local, que foi adiada devido ao Covid-19.


A Feira do Queijo Serra da Estrela de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda, estava agendada para decorrer de sexta-feira a domingo, mas não é realizada devido à pandemia da Covid-19.


“A não realização deste evento prejudicou financeiramente os produtores locais que, diariamente, trabalham para fazerem o melhor queijo do mundo”, refere a autarquia de Fornos de Algodres em comunicado enviado à agência Lusa.


Para “ajudar os produtores locais e valorizar, ainda mais, os seus produtos”, a Câmara Municipal de Fornos de Algodres, através da plataforma ´online’ “O Bom Sabor da Serra” , lançou “um pacote de medidas promocionais” para incentivar a comercialização junto dos consumidores.


Para as primeiras 20 encomendas com valor entre 15 e 25 euros (valores não incluem portes), a autarquia oferece um queijo de cabra e para os primeiros 40 pedidos com valores entre 26 e 50 euros um queijo de ovelha Serra da Estrela DOP [Denominação de Origem Protegida].


O município anuncia também que oferece dois queijos de ovelha Serra da Estrela DOP às primeiras 40 encomendas com valor entre 51 e 100 euros e os primeiros 20 pedidos com valores acima de 101 euros são brindados com três queijos Serra da Estrela DOP.


“Ainda não sabemos se haverá alterações ao fluxo de distribuição pelo nosso prestador de serviços. No entanto, garantimos que, após o pagamento, a encomenda será registada e, quando for possível, será entregue com toda a segurança”, refere a nota.


A loja ‘online’ “O Bom Sabor da Serra”, permite “levar o bom sabor da Serra [da Estrela] diretamente de Fornos de Algodres para o mundo”, segundo o município.


De acordo com a fonte, na plataforma digital, que entrou em funcionamento no dia 16 de março de 2019, “é possível encomendar queijo Serra da Estrela, enchidos e fumeiros, vinho, azeite, mel e queijadas [de urtiga]”, sendo que “todos os produtos são exclusivamente produzidos por produtores locais, com recurso a ingredientes também eles 100% locais”.
A loja ‘online’ foi criada pelo município de Fornos de Algodres, com o apoio do Fundo Ambiental, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.


O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 210 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.750 morreram.
O surto começou na China, em dezembro de 2019, e espalhou-se já por 173 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.


Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou na quarta-feira o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que na terça-feira. O número de mortos no país subiu para dois.


Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de hoje.




Conteúdo Recomendado