Covid-19: Cemitérios da cidade de Seia com horário alargado até 01 de novembro

Para permitir que os cidadãos possam visitar aqueles espaços que estão sujeitos a restrições impostas pela pandemia causada pela covid-19.

Os cemitérios da cidade de Seia estão com horário alargado até 01 de novembro, para permitir que os cidadãos possam visitar aqueles espaços que estão sujeitos a restrições impostas pela pandemia causada pela covid-19, foi hoje anunciado.

Segundo um aviso da Câmara Municipal de Seia, no distrito da Guarda, até sexta-feira o horário de funcionamento dos dois cemitérios da cidade é das 09 às 12 horas e das 14 às 20 horas, e no sábado e no domingo (01 de novembro) das 09 às 22 horas.

“Considerando o aumento previsível de afluência aos cemitérios municipais, no âmbito do Dia de Todos os Santos, a Câmara Municipal decidiu proceder ao alargamento dos seus horários de funcionamento, de modo a permitir que as pessoas possam visitar os seus entes queridos já falecidos”, justifica a autarquia presidida por Carlos Filipe Camelo.

O município esclarece ainda que o acesso ou permanência nos cemitérios obedece ao cumprimento das regras estipuladas para o atual período de calamidade, concretamente o uso obrigatório de máscara e o respeito pelas regras de organização dos espaços, no que diz respeito à lotação e distanciamento físico, de acordo com as orientações da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e quase 42,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.316 pessoas dos 118.686 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.



Conteúdo Recomendado