Covid-19: Câmara Municipal de Pinhel apoia empresas com 500 euros

O município de Pinhel aprovou um Programa Extraordinário de Apoio à Economia Local, para ajudar a ultrapassar os efeitos da crise causada pela covid-19, que prevê a atribuição de uma verba de 500 euros por empresa.

Segundo o presidente da autarquia, Rui Ventura, o programa que foi aprovado por unanimidade pelo executivo e também pela Assembleia Municipal de Pinhel, disponibiliza um valor global de 80 mil euros.

A medida prevê que as empresas com sede no concelho de Pinhel, no distrito da Guarda, que tiveram de fechar as portas devido à situação de confinamento, possam ser apoiadas com uma verba de 500 euros para “reforço da tesouraria”.

“O objetivo principal foi apoiar aqueles [negócios] que estão fechados há mais tempo e que estiveram envolvidos no primeiro confinamento”, disse hoje o autarca à agência Lusa.

Rui Ventura adiantou que a autarquia que lidera fez um levantamento e concluiu que “são cerca de 170 empresas do concelho” que podem recorrer à ajuda municipal.

“É um número significativo”, reconhece o responsável, acrescentando que “o montante global disponível é de 80 mil euros”, mas, caso seja necessário, poderá haver um reforço desse valor.

O acesso ao apoio disponibilizado às empresas será feito mediante a apresentação de candidaturas junto da Câmara Municipal de Pinhel.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.560.789 mortos no mundo, resultantes de mais de 115,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.430 pessoas dos 806.626 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



Conteúdo Recomendado