Covid-19: Câmara de Almeida disponibiliza computadores e acessos à internet aos alunos

A medida foi tomada “de modo a que todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Almeida possam concluir o presente ano letivo com as devidas condições.

O município de Almeida, no distrito da Guarda, vai disponibilizar computadores e acessos à internet móvel aos alunos do concelho que não possuem equipamentos para assistirem às aulas à distância.

A Câmara Municipal de Almeida, presidida por António José Machado, celebrou um protocolo com o Agrupamento de Escolas local “no sentido de disponibilizar 57 computadores portáteis e 36 ‘routers’ de banda larga com vista a minimizar os constrangimentos que o ensino à distância veio trazer”, devido à pandemia causada pela covid-19.

“Após disponibilidade demonstrada pela Câmara Municipal de Almeida, e com base numa listagem que o Agrupamento de Escolas apresentou após levantamento de necessidades junto dos encarregados de educação, foram adquiridos equipamentos informáticos para empréstimo”, refere a autarquia em comunicado publicado na sua página do Facebook.

A nota esclarece que a medida foi tomada “de modo a que todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Almeida possam concluir o presente ano letivo com as devidas condições, tentando assim minimizar o impacto na aprendizagem escolar nas atuais circunstâncias”.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 263 mil mortos e infetou cerca de 3,7 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Portugal contabiliza 1.105 mortos associados à covid-19 em 26.715 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 16 mortos (+1,4%) e mais 533 casos de infeção (+2%).

Das pessoas infetadas, 874 estão hospitalizadas, das quais 135 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados passou de 2.076 para 2.258.




Conteúdo Recomendado