Comitiva de Belmonte presente na abertura oficial do ano letivo da Swiss School of Economics

A Escola Suíça de Economia, localizada em Verbier, na Suíça, tem a clara intenção de se tornar uma referência na sua área de especialização e um lugar onde novos modelos de negócios são inventados e discutidos.

A cerimónia contou com a presença de instituições e individualidades da região, com representantes de várias universidades europeias e uma asiática, bem como uma comitiva de Belmonte, localidade escolhida pela instituição para receber em Portugal um polo da Universidade, que para além da formação irá receber uma incubadora de empresas, com capitais de risco próprios e Business Angels associados, amparando assim  os seus alunos na criação de startups.

De recordar que em agosto passado foi assinado um protocolo de cooperação entre a autarquia de Belmonte e a Swiss School of Economics, documento que previu, numa primeira fase, a ocupação de dois edifícios no centro da vila, mas que entretanto já foi alargado a Caria e que dará uso à histórica Casa da Torre.

O presidente da Câmara Municipal de Belmonte, António Pinto Dias Rocha, mostrou-se “muito satisfeito com o projeto” que se estende também às terras de Pedro  Álvares Cabral, e ressalvou o facto de o mentor do projeto ter acreditado nas potencialidades de Belmonte.

Por sua vez Joaquim Felicío da CCDRC, referiu que “tornar Belmonte num campus da Swiss School of Economics é um passo absolutamente decisivo”. “A ideia não é tornar mais uma oferta daquilo que pode ser ensino pós-graduado na região, mas sim criar uma oferta diferenciadora porque vai procurar trazer e levar para o território alunos e investigadores que poderão dar um contributo muito importante através de iniciativas de empreendedorismo para promover produtos e recursos da nossa região”, acrescentou.

A Escola Suíça de Economia é uma fundação sem fins lucrativos que tem como objetivo oferecer aos alunos ​​uma nova visão de negócios. Localizada em Verbier, na Suíça, a instituição esforça-se para influenciar os futuros executivos da indústria de negócios, por ensiná-los a integrar um profundo senso de responsabilidade, sustentabilidade e empreendedorismo em suas tarefas diárias como líderes. Com campus localizados na Ásia, Portugal e Europa Oriental, os estudantes matriculados na Swiss School of Economics terão a possibilidade de realizar semestres em escolas diferentes, o que permite uma oportunidade única para estudar em vários campus durante todo o seu currículo, a fim de aumentar o seu conhecimento e experiência internacional em situações multiculturais.

Ao longo dos anos, a instituição tem a clara intenção de se tornar uma referência na sua área de especialização e um lugar onde novos modelos de negócios são inventados e discutidos.




Conteúdo Recomendado